segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Descanse em paz.


O dia de hoje está sendo muito triste para nós, Policiais Militares do Rio de Janeiro; os próximos dias serão também.

Recebi ainda ontem à noite a notícia do bárbaro assassinato do Cadete Jorge Augusto de Souza Alves Júnior, do 3º Ano da Academia Dom João VI. Iria se formar no fim deste ano, após um intenso curso de três anos em regime de internato.

Não vou transcrever as descrições que estão na internet, em jornais e redes sociais sobre o estado em que o corpo foi encontrado. Não é necessário, não pretendo semear ainda mais o ódio que estamos sentindo (eu também estou sentindo ainda neste momento!). O objetivo deste meu artigo é justamente assegurar que o ódio só promove tragédias.

Mas, precisamos alcançar essa corja assassina que imolou o cadete Jorge Augusto, gadunhá-los, e entregá-los vivos para julgamento, por mais que nosso coração os queira gelados e tão cheios de buracos quanto possamos encontrar adjetivos nos dicionários para ofender esses desgraçados.

Interessante como a morte de um Policial, e eu um incluo os Policiais Civis na mesma desdita, não reverbera, não tem apelo midiático, não promove indignação nos “atores” mais festejados dos assuntos da segurança.

Eu rodei, rodei, rodei os on lines procurando comentários dos especialistas, tentando encontrar aquelas falas lépidas quando o alvo são as polícias, mas...Cadê?

Quando um PM (diga-se de passagem erradamente, digno de punição e penalização) atirou no pé de um vagabundo do bando que sequestrou uma mulher e uma criança na Barra da Tijuca, e iria mantê-las reféns para obrigá-la a realizar saques bancários - nisso que chamamos sequestro-relâmpago -, em questão de horas assistimos o desfile do exibicionismo jogando pedra na “Geni”, lembram?

˗ EXPULSÃO SUMÁRIA!  EXPULSÃO SUMÁRIA!

Não foi isso que o oportunismo descompromissado com nosso destino, com nossa realidade social, com nossa classe profissional, disse tão rapidamente?

Eu procurei falas oficiais, discursos de especialistas, pitaco de comentaristas a respeito de nosso jovem martirizado hoje e olhem o que eu achei no Globo on line, sob a matéria de sua morte!

·  Zelito Marins da Cunha09/09/12 - 19:23

CADETE deveria ser SOMENTE alunos da AMAN ou da Academia da Força Aérea do Brasil...O resto é o resto.....Cadete da PM ? Então é aspirante a ser um BANDIDO FARDADO.

há 3 horas

·  Zelito Marins da Cunha09/09/12 - 19:18

Tem gente chorando por aí ?

há 3 horas

·  Salvador de Farias09/09/12 - 12:28

Tem alguém triste aí?

há 10 horas

·  666dark09/09/12 - 11:21

Cortando o mal pela raiz!!! Ele mereceu...

há 11 horas

·  Francis09/09/12 - 10:31

VINGANÇA!!!

há 12 horas

Leia mais sobre esse assunto em
http://oglobo.globo.com/rio/cadete-da-pm-encontrado-morto-tiros-dentro-da-mala-do-proprio-carro-em-mesquita-6037614#ixzz261o24zmp
© 1996 - 2012. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.


Acreditem, escreveram isso nos comentários do on line do Globo de hoje e o jornal permitiu!

Ficou o dia todo lá e ainda agora bem tarde da noite ainda estava na página.

É muito duro, não é?

O Globo permitiria algo assim contra o Tim Lopes?

Permitiu alguma vez?

Na mesma hora do sepultamento acontecia uma manifestação na Zona Sul do Rio do Rio de Paz, uma dessas ONGs que se importam muito com as mortes violentas no nosso Estado, desde que os mortos não sejam policiais.

Eu não sei quem é o moderador daquela página do Globo, e provavelmente nem eu nem nenhum leitor jamais saberemos. Esta é outra coisa que só vale para policiais: accountability, prestação de contas.

Ninguém do Globo virá dizer: pedimos desculpas pelos insultos, pelas injúrias, pelas imprecações dos nossos comentaristas contra o companheiro de vocês, tão brutalmente assassinado.

Eu estou convicto que o ódio só promove tragédias, por isso estou me esforçando para retirar o sentimento que me assaltou ontem à noite, quando soube do ocorrido. Não desejo que esse sangue seja emulador de outras tragédias.

Vou incluir nas minhas orações o pedido ao Pai Celestial para que os desgraçados que fizeram aquela barbárie sejam encontrados logo. Eu já não posso mandar uma mensagem para esses rebotalhos como um dia pude fazer, quando derrubaram nosso helicóptero ceifando a vida de três dos nossos bravos, mas pela minha fé não tenho dúvidas de que serão vítimas de suas próprias escolhas.

Minhas orações principais serão pelo espírito do Cadete Jorge Augusto; que sua família encontre forças para vencer um momento tão difícil; que a família Policial Militar, em especial nossos queridos Cadetes que enfrentarão combates reais quando se formarem - viu Sr Zelito Marins da Cunha, comentarista das 19:23h? – não se alimentem no ódio que deforma e destrói, mas que usem o martírio do nosso companheiro como ferramenta de eterna vigilância.

Força e honra, é como saúdo a memória do Tenente Jorge Augusto de Souza Alves Júnior!

25 comentários:

Anônimo disse...

Que Deus o tenha.

Jorginho Ibrahim disse...

É lamentavel como nossos militares sao tratados em nosso País.... Esse é o Brasil em q vivemos, kd os direitos humanos agora?...

Andreia Vieira disse...

Meu comentário não foi ao ar, não entendi o porquê, talvcez deva ser porque estou "dando nome aos bois..." que bom que o senhor ésecretário em Três Rios porque eu tenho nojo dessa cidade, onde os políticos armaram uma para me matar, simplesmente porque eu estava conscientizando os alunos no Cederj de Tres Rios... Prof. Robson Almeida do CSM SÃO GONÇALO conhece a história, inclusive dei aula para Mariana lá...mas enfim na época ningue´m se disponibilizou a me ajudar, ive síndrome do pânico, me afastei de todos os empregos mas agora estou aqui VIVA E VITORIOSA... cuide bem dessa cidade mesmo Mario Sergio, ela precisa... e muito

Anônimo disse...

inacreditável como as pessoas tem coragem de deixar comentários destes em uma reportagem tão dolorosa para familiares, amigos,colegas de fardas e qualquer pessoa que tenha sentimento humano...pois pessoas assim não são humanas, nem as que praticaram este crime horroroso nem mesmo estas que "apoiaram" com estas palavras imundas...somente Deus para confortar a todos....é muito injusto este mundo!!! Bandidos são tratados com dignidade e quem tem dignidade são tratados com total desrespeito....este país está uma zorra por falta de políticas eficientes e verdadeiras e se não fossem estes homens que dão suas vidas este país estaria ainda pior....só resta orarmos pela família e pedirmos a Deus que os conforte...é muita indignação...é muito cruel!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Só quem conheceu o cadete Alves sabe de sua conduta, conduta esta que nunca demonstrou desvio algum. Conheci o cadete Alves e sei que estará no céu olhando por nós e o crime interrompeu uma carreira brilhante!!!

Thales Lorenzoni disse...

Vai com Deus e cuide de todos nós, irmão!
CADETE POLICIAL MILITAR LORENZONI

Anônimo disse...

Quem posta uma merda dessas só pode ser vagabundo, viciado maldito. Achei burrice mesmo do policial ter atirado no pé, isso eu concordo... TINHA Q TER ATIRADO NA CABEÇA VÁRIAS VEZES. Vagabundo tem q morrer mesmo covardemente c requintes de crueldade. Assim como eles fazem c os outros. Outra coisa quero deixar bem claro esses idiotas dos direitos humanos tinham q passar pelas mãos carinhosas da bandidagem tambem com toda covardia q eles fazem c os policiais, com trabalhador. O policial qdo chamado p defender esses merdas q criticam deveiam deixar a barata voar eles se matarem pq filho da puta nenhum da valor.

Mário Sérgio de Brito Duarte disse...

É objetivo desta postagem essencialmente assegurar a inutilidade do ódio. A ocorrência do tiro no pé foi um erro após um conjunto de acertos. Só haverá justiça para aquele policial se todas os ingredientes do conjunto forem levados em consideração. É exigível que sofra a ação legal previsível para casos tipificados naquele contexto, mas infelizmente os discursos são sempre paroxísticos quando se trata da PM, mesmo quando somos as vítimas. Os comentários no Globo sobre a morte do Cadete dão bem o exemplo disso.

Tiego Wagner disse...

A APM está de luto, nós cadetes estamos sofrendo muito com a perda do estimável companheiro. A revolta não deve ser um sentimento que possa consumir nossas mentes nesse momento, devemos absorver e dar uma resposta de inteligência, de ações pautadas na técnica e acima de tudo no rigor da Lei. Deus esteja ao lado do grande Cadete PM Alves !

Anônimo disse...

Lamentável... Quando menos esperamos e de quem menos esperamos nos deparamos com palavras tolas, como esse tal camarada do "Glogo"...
A justiça será feita.... A Justiça de Deus sempre se cumpre. Portanto, quem fez, quem fala o que não deve será punidO!
SaudadeS meu amigO Jorginho!
Descance em paz, meu guerreirO!

Anônimo disse...

Respeitando as sábias palavras do nobre companheiro,venho por meio deste deixar minhas profundas lamentações acerca do ocorrido,mas eu que tive a honra de conhecer o alves digo aos colegas que eu não perdoarei nunca e com certeza me lembrarei disso em futuras ações goste a sociedade ou não.Com relação a globo isso não me espanta,tendo em vista oque fizeram na greve e continuam a fazer.

Anônimo disse...

Independentemente de ser um militar ou não, era uma vida de um jovem rapaz q lutou pra realizar um sonho e qdo estava prestes a concretiza-lo teve sua vida decepada brutalmente. É realmente absurdo não haver nenhuma mobilização da mídia em torno disso, da mesma forma que houve qdo os pms atiraram no pé do "coitadinho" do bandido. Enfim, que esses monstros paguem pelo q fizeram, e se não pagarem pela justiça dos homens, q paguem pela justiça de Deus.

Anônimo disse...

Ilmo. Coronel Mário Sérgio, boa noite! Parabéns pelas palavras. Infelizmente há uma campanha de desmoralização orquestrada em desfavor da Polícia, não raras vezes liderada por grupos comprometidos - se não ligados por uma nociva promiscuidade - com o crime. Ainda não fui capaz de identificar, e nem sei se realmente quero, os motivos que conduzem esse tipo de conduta que vem corroendo nossa sociedade há algum tempo.
Causa asco a hipocrisia destilada pelos meios de comunicação. Nossa Polícia possui falhas de conduta? Ou melhor, alguns policiais as possuem? Certamente. Mas, hoje, qual atividade profissional não convive com os maus? Tenho certeza que a esmagadora maioria é composta por cidadãos (sim, é importante que lembremos disso!) cumpridores de seus deveres, pais de família, enfim, seres do gênero humano, suscetíveis aos mais diversos tipos de sentimento.
O assassínio desse Cadete evidencia algo que desperta verdadeiro terror: a política contaminou as ações das Instituições Públicas de forma que as ações não são pautadas pela técnica, mas por decisões pautadas por objetivos escusos e egoísticos.
Enquanto isso, nós, CIDADÃOS na acepção mais ampla da palavra, somos submetidos a toda sorte de riscos.
A morte de um Policial tem que ser considerada como uma verdadeira afronta contra os homens de bem desse Estado e os poderes constituídos. Aqueles que cometeram essa COVARDIA ainda terão direito a um julgamento - JUSTO NÃO! - com todos os direitos e garantias que parecem somente colher os marginais. Mas cabe uma pergunta: quais direitos e/ou garantias foram observados no "julgamento" desse jovem? QUER ISTO DIZER QUE OS VAGABUNDOS SÃO OS ÚNICOS QUE POSSUEM DIREITO A UM JULGAMENTO ISENTO E HUMANO? Ora, não há nada mais ultrajante para a Sociedade do que essa situação! QUE OS VAGABUNDOS SEJAM JULGADOS COMO TERRORISTAS E INIMIGOS DA PÁTRIA! É TEMPO DE VIGORAR O DIREITO PENAL DO INIMIGO !!! SÃO ELES OS INIMIGOS DA SOCIEDADE!!!
À família desse TRABALHADOR POLICIAL, apresentamos nossos mais profundos sentimentos.
Ass.: Um Cidadão de Bem que paga seus Tributos

Diego Costa disse...

Mais uma postagem do senhor Zelito Marins da Cunha no site da Globo:
"E os ataques à Faixa de Gaza,não são atos de TERRORISMO ? Só porque são atos dos EXÉRCITOS israelenses não são terrorismo ? Os ataques americanos sem aval da ONU ao Iraque não foi um ato TERRORISMO. SO FICO FELIZ QUANDO VEJO UM JUDEU FILHO DA P... MORTO ou um america....morto....Fui...."
O Aspirante Alves sempre foi uma pessoa com comportamento inquestionável, e apesar das pessoas julgarem pelo que a mídia divulga, informações sem critério e muitas vezes mentiras que quando descobertas não recebem ao menos uma errata no rodapé, a pessoa e o significado do Aspirante Alves não seram apagados.
Cadete PM Costa

Anônimo disse...

NAsci e fui criada em Nilópolis,tenho amigos que conheciam os rapazes mortos, tive tbm o prazer em conhecer brevemente o Cadete Alves, e tenho amigos e vizinhos que caminham naquela trilha onde um homem tbm foi morto. E sinceramente, to com um desejo de justiça, eu queria ser um militar agora, eu queria muito saber de algo, ter alguma informação,porque eu não exitaria em ligar pro Disk Denúncia e ajudar. Eu , como ser humano, quero mesmo é q esses bandidos sofram muitoo. E que Deus tenha piedade deles,prq eu não tenho e acredito q a PM tbm não terá. O que fizeram, com o Cadete Alves, com os 6 rapazes e com o Pastor q caminhava na mata,não foi apenas assassinato foi crueldade demais!!! Eu to muito indignada!!! Quero justiça!!! E q essa mulher q saiu com o cadete apareça e faça seu papel, msm q anonimamente, para q esse crime seja desvendado.

Rose disse...

Sou policial civil, tenho nível superior, já tive matrícula em outra Secretaria e hoje, orgulhosamente, faço parte desta Instituição, a qual dedico minha vida e o melhor de mim, mas que não é querida, que só querem por perto na hora do sufoco e que me força a não alardear aos quatro ventos o prazer de ser mais uma a servir e proteger.Sem hipocrisia ou ironia!
Em relação a tantas mortes de colegas, não serão palavras que traduzirão meu espanto perante a reação de pessoas "cultas", bem resolvidas; de responsáveis pela segurança da sociedade, nos rotulam de bandidos, dizem que somos bandidos fardados ou com distintivos, porém esquecem que enquanto eles se divertem em feriados e festas de fim de ano estamos de plantão para garantir seu lazer; esquecem que somos homens e mulheres com filhos mulheres e maridos em casa e que passam e passarão muitos e muitos aniversários nossos longe da gente...Enfim, só disse no início que tenho nível superior para ilustrar que tenho capacidade cognitiva para atuar em qualquer área, que estou nesta Casa por escolha e ideal. Não preciso de arma e distintivo para roubar, matar ou subjugar ao próximo; isto amigos, qualquer pessoa, é capaz de fazer. Que Deus continue nos protegendo e nunca desampare nossas famílias.

Professor Lamartine Oliveira disse...

Caríssimo Comandante, por quem sempre tive respeito e apreço, concordo como sempre concordei com o Senhor, mas o povo está indignado, raivoso. A bandidagem ataca as UPPs, matam inocentes, e aí, qual tem sido a resposta? Perdão, lembrei, vamos promover uma "ação inteligente". Perdão mais uma vez, nunca vi. Mas, infelizmente, vou continuar aguardando... Grande abraço querido.

eloá disse...

Meu Deus até quando iremos ter que conviver com esta violência e morte de inocentes, estou triste sim, chorei sim, pq sou mãe, vó, poderiam ser com alguém mto próximo a mim.Não conhecia o cadete assassinado covardemente!!!Chega de morte de inocentes.Esses comentários que postaram no Globo é uma falta de respeito ao ser humano e a familia desse rapaz.Lamentável que que ler isso!!!

eloá disse...

Chega de violência, queremos justiça por essa chacina dos 6 rapazes e do cadete.A policia tem que dar uma resposta URGENTE, prendendo esses assassinos covardes!!!JUSTIÇA

Reinaldo Domingos disse...

Chega de violencia nossos jovens morrem de bala perdida, morrem nas mãos de bandidos, nossa crianças padecem nas mãos de pedófilos, o PM hoje não carrega uma farda carrega um
alvo nas costas, peito e cabeça. Não temos respostas enérgicas de nossos liderantes no sentido de uma reforma na atual e obsoleta lei desse país que beneficia sempre os infratores que certos da impunidade continuam cometendo atos como esse que com funk ou sem funk é totalmente injustificável, nossos políticos devido ao seus atos de comprometimento com todas e mais variadas canalhices, fingem não assistirem tudo que se passa principalmente em todas as capitais desse país. Lembre-se quem muda as leis são os políticos. E voce que gosta dum cigarrinho do capeta também ajuda a patrocinar tudo isso e o dia de amanhã ninguém sabe quem poderá estar desovado por aí...

TEN RODRIGO VIMERCATI disse...

Tristeza por tantas mortes e atrocidades, a cada dia morrem pessoas de bem, trabalhadores e policiais em geral, e neste mesmo compasso bandidos são soltos, anistiados por uma justiça que muitas vezes é falha. E o que a sociedade espera com tudo isso? Ler novamente um jornal que noticia esquemas de corrupção dentro de nossa Bicentenária PMERJ, a fim de poder dizer mais uma vez "bandidos fardados". Mazelas existem em qualquer lugar senhores, e digo isso porque abrange todos os setores e segmentos da sociedade, o Brasil é extremamente corrupto e diariamente tentam esconder isso do povo que trabalha 5 meses no ano pra sustentar a máquina pública. Enquanto nós policiais buscarmos resolver os problemas da sociedade com um "jeitinho", haverá ignorantes fazendo comentários como esse idiota que postou no site do jornal GLOBO. Vergonhoso foi o moderador permitir algo do tipo, mas sabemos bem como são os bastidores dessa corja. Convivi 2 anos com o Alves, sei que foi policial antes de entrar para a APM, foi um soldado que correu atrás de um futuro melhor em sua carreira e foi aprovado no vestibular da UERJ para se tornar um dia oficial de polícia. Policiais Militares e Civis, sejamos cumpridores da lei, façamos apenas o que lei permite e não resolvam nada no jeitinho brasileiro, deixemos essa sociedade se resolver com a Justiça inerte, com os órgãos competentes, mas cumpramos com o nosso dever.
Alves pode ter certeza irmão que buscaremos prender quem lhe fez esse mal...Vá em paz Sol nascente no céu do Brasil.

Anônimo disse...

COMO SARGENTO REFORMADO HERÓI SOBREVIVENTE , IDOSO COMINHANDO PARA AOS 71 ANOS , GOSTARIA QUE PERGUNTAR AO CORONEL PM MÁRIO SERGIO DUARTE POR QUE NÃO CUMPRIU A LEI FEDERAL DO DIREITO ADQUIRIDO N° 9784-1999 , LEI QUE PROIBE A REDUÇÃO DE QUALQUER BENEFÍCIO QUE SE RECEBE A MAIS DE 5 ANOS ( EU RECEBO A 14 ANOS ) . A POLICIA REDUZIU MEU BENEFÍCIO PARA 25% , EU RECEBIA 60% TIVE UM GRANDE DESFALQUE NAS MINHAS FINANÇAS FAMILIAR, ME CAUSANDO UM GRANDE TRANSTORNO . SOU SARGENTO REFORMADO HERÓI PERTENCI AO BATALHÃO BPAE . ANTERIOR AO BOPE , FOI PRECISO ENTRAR JUDICIALMENTE PARA VER MEU DIREITO ADQUIRIDO RESPEITADO E ANPARADO PELA LEI FEDERAL N° 9784-1999 - COM VÁRIAS CAUSAS JÁ GANHAS A NÍVEL DE MINISTROS STF . ASS . WALTER DOS SANTOS ( RG 12610 ) .

Sander disse...

Sou investigador da PC de SP, trabalho no GOE.
Admiro muito o seu trabalho, li o seu livro e agradeço muito ao senhor por continuar nos fortalecendo com a sua sabedoria, digna dos guerreiros de fato que amadureceram no fogo, nas lágrimas e no sangue enfrentando o horror sem poder desviar o olhar.
Quanto aos idiotas de sempre nos resta o desprezo, as pobres palavras são típicas daqueles que não encontram o respeito e o amor próprio nem dentro do seu lar, são apenas pobres diabos miseráveis se arrastando pelo mundo.
“A vida é muito curta para ser pequena”. Como bem disse Benjamin Disraeli, primeiro-ministro britânico no século 19.

Anônimo disse...

A tal da ONG Rio de Paz entendeu a mensagem deste blog.
Tentou se redimir e botou uma faixa na praia lamentando a morte do Soldado Bruno. Um bando de enganadores.
Uma vaia para esse "pastor" de araque Antônio Carlos é o que ele merece.

Marise disse...

É difícil controlar o sentimento do ódio quando nos deparamos com situações de tamanha crueldade. Minha família é formada por policiais e, desde muito nova, aprendi a rezar e pedir proteção aos meus familiares.
Que Deus conforte o coração da famíla deste cadete assassinado!
Á polícia, desejo que continue com a sua missão de proteger a sociedade, ainda que muitas pessoas não mereçam o esforço de nossos policiais, que arriscam as suas vidas para defender muitos daqueles que os criticam.