domingo, 4 de outubro de 2009

Com o tempo

Eu sou um copiador.

Nada do que escrevo ou faço é original.

Vivo repetindo isso a qualquer que me atribua uma sacada inventiva, uma jogada criativa.

Minhas palavras não são minhas; meus conceitos não me pertencem. A moral que considero e me esforço por seguir é uma cópia muito imperfeita e mutilada de exemplos que conheci ao longo da vida. A ética que adoto, aprendi de alguém.

Mas, doutra sorte, seja como for sei que a responsabilidade por todas as abstrações, atos e fatos é somente minha.

Houve um tempo em que eu me julgava bem melhor do que sou.

Na juventude as coisas se nos parecem assim: se há ética, somos os mais éticos, se há moral, somos os mais morais, se há capacidades, somos os mais capazes, se há virtudes, somos sua excelência.

Platão e Nietzche apresentaram pontos de vista diferentes sobre tais questões, em Hípias menor, Ménon, Críton e A Genealogia da Moral.

Para um, esses valores existem num modelo perfeito e não acessível no mundo sensível; para outro, são construções meramente sociais e, então, humanas, inventadas por espíritos mais fortes para a escravização dos mais fracos ao seu modelo.

O mais importante é que os valores foram objeto de suas meditações.

É bem verdade que a nova interpretação que faço de mim mesmo, nesses dias, não é exatamente produto de uma evolução do meu espírito, de um polimento que dei na alma ou porque me tornei mais humilde.

Sem essa! Não é nada disso!

A questão é bem menos filosófica. Eu apenas estou envelhecendo!

Nelson Rodrigues nos convidava ao envelhecimento. Ele dizia: jovens, envelheçam!

Acho que ele estava a nos dizer: vivam, não morram precocemente para que tenham tempo de se arrepender de seus preconceitos, das injustiças que praticaram. Vivam para construir os acertos sobre os enganos e contemplar tudo isso com um sorriso revelador de auto-recriminação que carreia o perdão, a desculpa de si!

Fiz cinqüenta e um anos em setembro, no dia 7.
Passou meio que desapercebido; não gosto de festas e pedi aos parentes e amigos mais próximos para que não alardeassem. É um dia que já tem festa demais.

Houve um tempo em que eu me julgava bem melhor do que sou, e se querem saber eu era mesmo, fisicamente.

As dores do corpo chegaram depois do que as da alma, é verdade, mas a contemplação das pisadas em falso na caminhada da vida só nos é possível, quando os olhos da alma vão se tornando mais lúcidos, na mesma medida em que os olhos do corpo necessitam de lentes.

No ano passado encontrei um velho professor (talvez nem tão velho!) com quem eu havia tido alguns problemas, por conseqüência de concepções diferentes de interpretação da realidade.

Que coisa importante, não?

O professor argumentava A. Eu refutava B. Eu o provocava debochadamente e ele me reduzia à minha posição de aluno impertinente.

Eu me acreditava investido de superioridade argumentativa que me credenciava ao exercício do emparedamento do outro, quando, na verdade, estava sendo apenas mal-educado e pretensioso.

Graças a Deus, no ano passado pude pedir desculpas ao professor.

Não sou melhor hoje, com melhores argumentos e capaz de melhores silogismos. Apenas posso enxergar os defeitos que me acompanham e tenho celebrado como qualidades, estupidamente, em gozo interior, e que o tempo e seus benefícios vêm se encarregando de esfregar na minha cara.

Platão nos advertiu quanto àqueles que odeiam os poderes estabelecidos apenas para que possam estabelecer os seus.

Posso ver melhor isso hoje. Muitas vezes protestei, asseverei mal, julguei outros incapazes de realizar o que eu realizaria, desqualifiquei seus discursos e suas ações. Verdadeiramente eu postulava a condição do outro, sua luz que eu não tinha.

Um dos meus maiores alvos na juventude foi o Coronel Carlos Magno Nazareth Cerqueira.

Há dez anos ele se foi, exatamente no dia 14 de setembro de 1999.

Um homem com qualidades, muitas qualidades e sem dúvida defeitos também.

Pouco consegui ver de suas qualidades na minha juventude. Posso vê-las hoje e não teria tempo para enumerá-las agora.

Há dez anos o Coronel Cerqueira se foi, assassinado fisicamente para viver na história, a memória registrada dos homens.

Fiz cinqüenta e um anos; se conseguir, na minha tarefa deste tempo, realizar um décimo das realizações do coronel Cerqueira como Comandante Geral da PMERJ, sairei feliz da jornada.

Continuo pensando diferente dele em muitas coisas; desta forma ele ainda vive para mim, mas tenho copiado um tanto das suas sacadas e seus construtos.

Agora nossa dialética metafísica está mediada pela madureza; a minha madureza que me faz enxergar seus motivos, seu trabalho, suas virtudes, sua luta.

Continuarei discordando dele em muita coisa; ou não.

Ainda pretendo envelhecer muito mais.

58 comentários:

Mario disse...

Sábia palavras, nobre comandante !!!

Aguardo notícias via e-mail !!!

Mario Taqueus.

Anônimo disse...

Coronel Mário Sérgio:

Acompanho a PM há muito tempo. Sei que o senhor é tão vítima quanto os que estão nas ruas. Com certeza, tem a vocação, tornou-se ofical da PMERJ, depois, um caveira, enfim, esteve em todos os tipos e formas de combate. Quando assumiu como Comandante Geral da PMERJ, sabia dos "pepinos" que iria segurar, mas, enfim, é o preço do cargo. O senhor não é o culpado por isso, muito longe disso, mas, com sinceridade, esperava uma postura mais radical, mais parecida com aquele Capitão Marcos Aurélio, de um certo livro, entende?
Eu sei que aquele Capitão, ainda tinha muito a aprender, sem dúvidas, e que ele não imaginava encontrar um cenário como o de hoje, mas, gostaria que o senhor se lembrasse deste Capitão, principalmente, quando este se refere aos amigos falecidos com grande carinho, jamais esquecendo-os, sabendo que eles deixaram famílias, se preocupavam com a sua subsistência,com as suas viúvas, os seus filhos, enfim."Não custa", ler este livro , aliás, DEDICATÓRIA aos bravos guerreiros do BOPE. O autor, é um tal de Mário Sérgio Brito Duarte, antes de ser Comandante Geral da PMERJ.
Receba de todo o coração, muita sorte e sucesso, e principalmente, OLHE ENQUANTO PUDER E FAÇA O QUE PUDER,PELOS SEUS.

Muita FORÇA ,mas, ACIMA DE TUDO, HONRA!!!!

Alexandre Castro

adauri disse...

cel servi no 12 bpm de 89 ate minha reforma precoce em 1998,apos ser baleado 3 vezes em uma ocorrencia,o senhor era mais lorinho,espero e torço para que o senhor consiga trazer conquistas para uma tropa sofrida e desgastada de tanto trabalhar para sobreviver;tomara que o senhor seja tão bom comaandante;que é como filosofo!que deus te abençoe!!adauri furtado,pastor,3 sgt ref rg 51.511!!

Inconfomado disse...

Ora, se nao e' uma questao de sobrevivencia, nao deveriamos abrir mao daquilo que sabemos que nao poderemos fazer? === Que comodo para o nosso governador, colocar alguem com um pensamento mais "a frente" mas nao solucionar os problemas dos miseraveis, que seremos muitos mais em 2016. Cada vez menos policiais e mais vigilantes de luxo. Cada vez mais alheios a tudo. Cada vez mais desestimulados a nada fazer, a apenas observar e intervir em ultimo caso. Em policiamentos nos quais so tocamos conta de viciados e baderneiros. Caro comandante, creio ser este um caminho sem volta, e nunca mais seremos policias de verdade, como os que eu via qdo era crianca; apesar da truculencia, se destacavam pela atitude proativa e nao a resignada dos dias atuais. Por que nos segurar? Deixemos a transformacao acontecer. Teria que ser do unico modo que funciona, de baixo pra cima, mas como aqui e' o Br, onde as revolucoes sao comandadas pela elite. Coerencia.
=Comida ruim preparada sem condicoes basicas de higinene. Qual rancho resistiria a uma visita da saude publica?
=O governo diz que os patroes tem que dar o vale-transporte, ja ele mesmo...quando verei o meu, ja que estamos em outubro e nada?
=Se ganhassemos hora extra, muitos oficiais nao nos coordenariam desse modo irresponsavel, fazendo o PM esperar nao sei quantas horas pra no final nada estar decidido. Haveria planejamento. (seria melhor fazer concurso de novo e entrar pra upp)
=Se a policia fosse informatizada, quanta gente voltaria pras ruas...mas parece que isso e' palavrao. Grandes empresas tem um DP...na policia ha um em cada quartel. Nao ha interesse em acabar com essas coisas... hba tem batalhao que tem que colocar o polegar pra pegar arma... mas chga de lamurias que eu tenho que ir pra seguranca, infelizmente. Deus te ilumine meu comandante.

Anônimo disse...

hahahahaah que tapa na cara hein!

Pena que tem gente que não vai entender o texto..

Gostei muito do finalzinho dele e ainda complemento com uma frase:

"Se sua estrela não brilha, não tente apagar a minha!"

SIDRACK disse...

Parabéns Comandante, continue, continue. Faça do nosso BOBE a verdadeira elite, não permita que os aventureiros lá encontrem espaço, enfim, apóie a todos os POLICIAIS que nunca perderam em seu íntimo apesar do desconforto do dia-a-dia a essência do servir.
Comandante Vá e vença e Vitória sobre a morte, sempre.
___________________________Caveira_09

Marcelo disse...

Tenho certeza q ficarás na história da PMERJ, a tropa confia muito no Sr., na sua justiça e no seu amor pela corporação. Tb confio no Sr, eu e a minha familia. É um orgulho pra mim ser subordinado ao senhor. Abraços e sucesso.....CB 68.354 (por gentileza, se puder cmt leia e responda o meu e-mail, muito obrigado!)

Anônimo disse...

Comandante Geral,Cel PM Mario Sérgio, o que está sendo feito para os GRADUADOS CONCURSADOS, visto que somente os que não passaram nos concursos internos e foram beneficiados pelo Plano de Carreira, instituido em 1996, vejo 2º e 1º SGTS e os SUB TENENTES permanecendo por mais de 10 anos na mesma graduação, o meu primo em 1995 era SOLDADO, eu SUB TENENTE, hoje permaneço na mesma graduação e ele SUB TENENTE. O senhor poderia reavaliar o acesso ao QOA, reavaliar as mátérias do concurso. grato e muito boa sorte Coronel, obrigado por me dar a oportunidade de trazer essa pauta que atinge diversos concursados. SUB TEN PMERJ

Leandro disse...

CARO COMANDANTE.
LI ESTE POST NO BLOG "CORDEL DA BOLA DE FOGO" E ACHEI MUITO RELEVANTE. GOSTARIA MUITO COMPARTILHAR COM O SENHOR.
UM GRANDE ABRAÇO E QUE DEUS LHE ABENÇOE NA SUA TRILHA.

O TEXTO ESTA NA INTEGRA.

Acabou se tornando tradição no CBMERJ e na PMERJ a famigerada escala extra. A realidade é que na prática existem tantas escalas extras que elas perderam este caráter. Deixaram de ser um serviço EXTRAORDINÁRIO e passaram a ser uma forma barata de empregar o militar em atividades para qual o mesmo não deveria trabalhar. Dizemos barata, para não dizer gratuita.

Etimologicamente o radical "extra" provém do termo "extraordinário", ou seja, além do ordinário, além do comum, fora do comum. O objetivo da escala extra é justamente este. Em casos extraordinários o militar pode ser escalado para tentar normalizar a grave situação em que a sociedade se encontra. Podemos citar o Estado de Sítio e o Estado de Defesa, por exemplo.

Todavia muitos superiores hierárquicos desvirtuaram este entendimento e se utilizam até hoje do termo "necessidade de serviço" para empregar o militar em qualquer situação, atém mesmo as mais infundadas. Todo bombeiro já deve ter ouvido alguma vez a seguinte sentença: "De palhaço a astronauta o bombeiro faz de tudo". Pois é! É a prova de que já está arraigada no costume das tropas esta ilegalidade. Mas e aí? Vai ficar tudo por isso mesmo? Não! Nós não compartilhamos dessa posição e acreditamos que podemos nos movimentar para melhorar essa situação.

É bem verdade que nos tempos de hoje muita coisa melhorou. Oficiais preocupados com a tropa e cada vez mais compassados com o texto da Constituição Federal têm evitado se utilizar da escala extra para sacrificar o militar. E sabemos que a falta de efetivo por muitas vezes expõe o comando a situações no mínimo embaraçosas. Já é comum vermos na imprensa alguns casos de atraso de socorros. O que fazer?

Agora fica a ideia. Sabemos que os comandos ficam amarrados à legislação e engessados, pois não é sua competência aumentar o efetivo. Nossa sugestão é que os comandos gerais, comandos de OBM/OPM e destacamentos instituam o banco de horas. Funcionaria de forma simples. Em casos de real necessidade de serviço em que o militar fosse escalado para serviço extra o mesmo entraria numa lista com as horas trabalhadas anotadas. Assim que a poeira baixasse e a situação se normalizasse o militar poderia compensar as horas-extras trabalhadas ganhando o tempo correspondente em folga. Simples né?

Este procedimento já é adotado em várias instituições privadas que não querem ou não podem pagar horas-extras. É uma simples decisão que pode ajudar a todos, ao comando, aos militares e a sociedade. Desta maneira, teríamos um servidor trabalhando de forma mais digna, amenizando sua revolta, o que resultará num melhor serviço público prestado.


CB CUNHA - GESAR

Anônimo disse...

Acho que entendi o recado. Mas as comparações entre os melhores sempre vão existir, querendo ou não Comandante! Espero que consiga o melhor para os seus Irmãos.

Um grande abraço!

Frajola Sobrinho.

Anônimo disse...

BOA NOITE CMT.

OS POLICIAIS MILITARES DE BRASÍLIA VÃO GANHAR UMA GRATIFICAÇÃO DE PERICULOSIDADE NO VALOR DE 1000 REAIS.

O QUE FALTA PARA A PM DO RIO GANHAR ESSA GRATIFICAÇÃO? OU NÃO É PERIGOSO SER PM NO RIO?

GRANDE ABRAÇO.

Anônimo disse...

E VOCÊ,MEU GRANDE AMIGO,ME ENSINOU TANTAS COISA,APESAR DE NOSSA CONVIVÊNCIA TER SIDO CURTA.FIQUE COM DEUS E SAIBA QUE TENHO MUITAS SAUDADES DAS NOSSAS CONVERSA PELA TARDE.ATÉ ALGUM DIA.DE UMA PESSOA AMIGA.

Anônimo disse...

Nobre comandante,
Quero lhe dar os parabéns por seu comando, tenho 4 anos de atividade policial militar e até então o Sr. tem se mostrado o melhor superior que já tivemos, podemos perceber que suas propostas são primeiramente em beneficio de nossa tropa e sabemos reconhecer isso. Infelizmente não depende somente do Comando para que as coisas melhorem, mas a tropa sabe que pode contar o Sr. nos representando.
Porém, não sou só elogios, venho também expressar minha opinião sobre o que não concordo, como por exemplo, a retirada de nosso boletim da internet, é verdade que todos os dias existe uma copia do boletim na guarda de nosso quartel, mas não é todo dia que estamos no quartel para examiná-lo. Quem mais saiu perdendo com essa medida fomos nós praças, que dessa forma não podemos acompanhar as inscrições de cursos e etc. Peço que o Sr. possa reexaminar essa proposta, tão importante para a nossa tropa.

Atenciosamente,
81 milhão

Anônimo disse...

Nobre comandante,
Quero lhe dar os parabéns por seu comando, tenho 4 anos de atividade policial militar e até então o Sr. tem se mostrado o melhor superior que já tivemos, podemos perceber que suas propostas são primeiramente em beneficio de nossa tropa e sabemos reconhecer isso. Infelizmente não depende somente do Comando para que as coisas melhorem, mas a tropa sabe que pode contar o Sr. nos representando.
Porém, não sou só elogios, venho também expressar minha opinião sobre o que não concordo, como por exemplo, a retirada de nosso boletim da internet, é verdade que todos os dias existe uma copia do boletim na guarda de nosso quartel, mas não é todo dia que estamos no quartel para examiná-lo. Quem mais saiu perdendo com essa medida fomos nós praças, que dessa forma não podemos acompanhar as inscrições de cursos e etc. Peço que o Sr. possa reexaminar essa proposta, tão importante para a nossa tropa.

Atenciosamente,
81 milhão

Mário Sérgio de Brito Duarte disse...

Prezados comentaristas.
Obrigado por suas participações.
Algumas questões colocadas por vocês já estão sendo estudadas, como, por exemplo, o novo modelo de concurso e exigências para o QOA.
Prezado Mário. Continuo pedindo paciência. Trabalhei praticamente o domingo todo no QG. Ainda vou arrumar tempo para te responder.
Para meu nobre "81 milhão". Sobre o boletim e suas informações, faremos o possível para que não ocorra apertos de prazos para concursos e inscrição em cursos.
Adauri, um abraço para vc companheiro. Seu nome de guerra era Furtado, não?
Sidrack, caveira velho de guerra e instrutor do meu Coesp. Abraço para ti e todos os companheiros da valorosa FAB.
Marcelo, um abraço para ti também. Mas mande um endereço de e-mail, se não é impossível te escrever, a não ser aqui pelo blog.
Ao companheiro Subtenente: nos dê um tempo para resolvermos o problema. Fizeram uma confusão dos cacetes no passado, amigo.
À "pessoa amiga". Obrigado pela mensagem. Bom saber que temos feito algum bem, além do mal de cada dia.
Abraço pra ti TRI. Abraço pra ti Tcheca; reconheci vocês.

Anônimo disse...

Comandante muito obrigado pela atençao, meu e-mail eh fayad_uenf@hotmail.com trabalhei com o Sr no 7 Bpm, na verdade o Sr ateh me liberou de graça pra ir pro 8 Bpm pra poder estudar na Uenf. Se o Sr puder me adc eu gostaria de falar com o Sr. Paz pro Sr e a sua familia.

Anônimo disse...

Desculpe, eu li "nome de guerra era furtado" no post do Sr e pensei q o nome de guerra do Sr era Furtado e como o Cel furtado q tinha me liberado, pensei q fosse o Sr jah q o Sr trabalçhou no 7 Bpm.

Anônimo disse...

Coronel Mário Sérgio,

Boa tarde.

Por falar em aprendizado e utilização das palavras de terceiros, nesse momento de dor e guerra, me permita citar as palavras do apóstolo Paulo aos Efésios, quando afirmou que a verdadeira luta não é entre homens, mas entre o bem e o mal.
Equipe sempre sua tropa com o cinturão da Verdade, a couraça da Justiça e os sapatos do entusiasmo para anunciar a Paz. Que a Fé seja o escudo, o capacete seja o da Salvação e a espada seja a Palavra de Deus. Que sejam todos guiados pelo Espírito de Deus. Tenha certeza das minhas orações diárias por isso.
Assim como o lema dos "Caveiras", Cristo verdadeiramente venceu a morte e nos promete a Glória da Vida Eterna.
Um grande abraço. Fique com Deus.
Rosani

Alex Amaral disse...

Um texto excelente! É bom saber que alguém capaz de tão nobres palavras e reflexões esteja a cargo de uma das instituções da Segurança Pública do Estado. Fico feliz. Hoje foi a primeira vez que leio um texto seu. E justamente no dia em que exponho, também num post, meus obstáculos epistemológicos, lembrando de aulas passadas (e sempre presentes) e podendo reconhecer toda a humanidade de meu ser... Seu texto me mostrou isso, humanidade, e segurança na exposição de si. Obrigado!

Anônimo disse...

Vê-lo ir pra guerra a esta altura da vida me emociona demais. E revolta-me ter conhecimento que mesmo com a morte de seus bravos soldados seus opositores não te dão tréguas. E desculpe-me se me excedo na defesa daqueles que querem o melhor para esta cidade mais é revoltante a covardia dos abutres aproveitadores. Desejo Paz para o seu Corpo e Alma.

Um grande abraço!

Anônimo disse...

BOM DIA,AO SR MUITO OCUPADO (SEM INSINUAÇÕES)CMT GERAL.LUTAR PELA PMERJ É UM FARDO PESADO,EU IMAGINO,MAS SEI QUE PARA O SENHOR ASSIM COMO EU E OS MAIS DE 40MIL PMS É UMA TAREFA RAZOAVEL QUANDO SE LEVA EM CONTA QUE LUTAMOS DIARIAMENTE PELA VIDA ,A NOSSA E A DOS OUTROS.VENHO MAIS UMA VEZ ,CREIO QUE TENHA LIDO A MINHA IMPLORAÇÃO COM RESPEITO AO CFC E A AQUISISÃO DA PT.40 QUE AQUI NO 8 BTL CAMPOS AINDA NÃO FOI AUTORIZADO O TERCEIRO LOTE ENQUANTO EM OUTROS JÁ RECEBERAM O QUARTO LOTE (ESTRANHO)JÁ DISSE QUE ANDO DESARMADO AGUARDANDO A LIBERAÇÃO HÁ CERCA DE 2 ANOS.MAS NÃO TIVE UMA RESPOSTA DO SENHOR PELO MEU EMAIL AO MENOS.FI QUEI SABENDO O QUE ACONTECEU COM OS MEUS IRMÃOS AÍ EM BAIXO NO SÁBADO E VI SUAS FOTOS NO ENTERRO DESSES HERÓIS.AVISO QUE SOMOS VOLUNTÁRIOS PRA FAZER ESSES TERRORISTAS SEREM VÍTIMAS DE SUAS ESCOLHAS,HONRAREI A MINHA FARDA ENQUANTO ESTIVER NA BRIOSA.MAS ME RESPONDA PQ SÓ OS PRAÇAS MORRERAM,CATÁSTOFRE SIM,NEGLIGENCIA NÃO ACEITO.É QUE OUVI RUMORES DE QUE NÃO USAVAM O EQUIPAMENTO DE SEGURANÇA CONTRA AS CHAMAS ,APENAS OS OFICIAS TINHAM O DIREITO.PODE UM PRAÇA SER TRATADO COMO UM PLEBEU??E OS OFICIAIS OS PATRÍCIOS?SEI QUE O SENHOR SABE DESSA HISTÓRIA.CIDADANIA NA PMERJ,UNS VALEM MAIS QUE OUTROS,NÃO POSSO SR CMT ACEITAR ISSO.MORRERAM VIDAS QUE DEUS VAI REQUERER UM DIA DE UM RESPONSÁVEL. FAMÍLIAS FORAM DESFEITAS O QUE OS PRAÇAS GANHAM,5PORCENTO,NINGUÉM LIGA SR,VÃO ESQUECER ESSE FATO DENTRO DE 1 OU 2 MESES,A NÃO SER PELA PERDA DO HELICÓPTERO TALVEZ SE LEMBREM MAIS UNS 6 MESES.SEI QUE O SR ACOMPANHA O BLOG PRAÇAS DA PMERJ,QUANTOS PMS PRAÇAS MORRERAM SÓ ESTE ANO?O GOVERNADOR NÃO GOSTA DA NOSSA RAÇA E O SR QUER ME FAZER ACREDITAR QUE AS COISAS VÃO MELHORAR.A VERDADE É QUE A PACIENCIA VAI ACABAR UM DIA,NÃO DIGO ISSO COMO REBELIÃO SR,MAS A LUTA POR CIDADANIA É INEVITÁVEL,SEMPRE ACONTECIA QUANDO OS NOBRES PISAVAM NOS POBRES ACHANDO QUE NÃO HAVIA FORÇA NELES PARA REAGIREM,COITADOS ,ESQUECERAM QUE A FORÇA ESTÁ NA MAIORIA,OS PRAÇAS DA PMERJ DE HOJE SR SÃO UNIVERSITÁRIOS CONHECEM MUITO BEM SEUS DIREITOS É QUESTÃO DE TEMPO.OS PRAÇAS QUE ADENTRAM AOS NOSSOS QUARTEIS DE HOJE SÃO AQUELES QUE USARÃO A FARDA PRA DESCONTOS NA UNIVERSIDADES E ALGUNS PELA VOCAÇÃO.MAS OS QUE PERMANECEREM POR MAIS DE 7 OU 8 ANOS SERÃO SOMENTE OS QUE ACREDITARAM AINDA NESSA BRIOSA.CORAGEM PARA LUTAR POR UMA POLICIA MELHOR,PARA ISSO PRECISAMOS DEPENDER O QUANTO MENOS DESSA CORPORAÇÃO (DIGO NOS PREPARANDO EM ENSINOS TÉCNICOS,SUPERIORES,EVITANDO AS SEGURANÇAS POIS SÓ CONSEGUIMOS ALGO POR MOTIVO DA CARTEIRA DE POLICIA CASO CONTRÁRIO NÃO GANHARÍAMOS A METADE DO QUE SE PAGAM )POIS SE UM DIA ELA NOS EXCLUIR POR LUTARMOS POR CIDADANIA TEREMOS UM ENSINO SUPERIOR EM OUTRAS ÁREAS E SAIREMOS DE CABEÇA ERGUIDA.NADA MUDOU MEU CHEFE.LUTE POR FAVOR POR UM AUMENTO SALARIAL,BRIGUE POR NÓS! OU PODERÁ SER CATASTRÓFICO O QUE OS PRAÇAS DA PMERJ PODERÃO JUNTOS FAZER.É O QUE VEJO,FUTURAMENTE É ISSO QUE RESERVA .NÃO SOU SINDICALISTA E NEM PRETENDO.SOU PM ,FICHA HONROSA ,NÃO TRABALHO EM EXPEDIENTE PRA ISSO.APENAS VEJO A SUBESTIMA DE MUITOS SOBRE O QUE PODEMOS.MAS ACREDITO QUE AS COISAS NÃO PERMANECERÃO COMO ESTÃO,SEJA PELO SR OU POR OUTROS (PRAÇAS OUSADOS?)CONSEGUIREMOS SER RESPEITADOS E CONTAREMOS SIM MORTES DE PMS QUE SE REFORMARAM E SE FORAM COM IDADES AVANÇADAS E TIVERAM UMA VIDA REGADA COM O QUE MERECEM ,COM O SALÁRIO QUE MERECEM,E O RIO COM A SEGURANÇA QUE MERECE.SOMOS HERÓIS.PERMISSÃO PARA ME RETIRAR…………

Anônimo disse...

Sr.Cmt. com todo o respeito, gostaria de me reportar ao Sr. utilizando suas próprias palavras.
"EU SOU UM COPIADOR.
NADA DO QUE ESCREVO OU FAÇO É ORIGINAL"
Gostaria muito de convida-lo a almoçar com os praças da DIP no rancho do 4 BPM, mais que o Sr. chegasse de surpresa.Saiba Sr. Cmt.somos PPMM e cumpridores de nossas missões, e tambem pagamos pelas refeições servidas naquele "rancho",por isso estou aqui para convida-lo a almoçar conosco para o Sr. ver a péssima qualidade de comida servida a nós.Acredito que depois desse almoço , o Sr. com certeza irá copiar algum exemplo bom para melhorar a qualidade e as condições desse rancho.Sr. Cmt, se fosse um restaurante privado , seria interditado pela fiscalização sanitária,pois os funcionários não atentam para higiene e nem usam acessórios obrigatório , como : luvas , toucas e mascaras , sem contar o detalhe de falarem sobre a comida enquanto nos servem.Os pratos são mal lavados , faltam talheres e não existem copos , com excessão dos potes de extrato te tomates ou ervilhas.
Sr. Cmt. estou na PMERJ a quase 15 anos e gostaria ao menos de poder efetuar minhas refeições com a dignidade de todo o trabalhador e cumpridor dos meus deveres , pois o que reivindico aqui , é apenas um direito legal e constituido.
Certo que o Sr. tomará as providências, fico no seu aguardo para o almoço em tela.
Sem mais, atenciosamente:
Um Policial Militar

Dayverson disse...

Parabens ao 6º Batalhão
Parabens a todos os Policias que atuaram no combate a invasão do morro dos Macacos com muita garra e fibra mostramos o que somos policias sempre !!! E onde tiver guerra estaremos ai para defende não os bandidos covades do morros dos macacos de perderem seu morro e sim a população sofrida que neste local reside que seriam sim vitimas de um verdadeiro banho de sangue que seria realizado se os bandidos rivais tivesse conseguido invadir em definitivo....esta população sofrida sim merece nosso sacrificio e nosso suor!!

Parabens a todos os GATs que demostraram que nao precisaão de um brever no peito pois esses são guerreiros forjados no fogo da batalha.

E uma otima recuperação ao nosso amigo Andre Luiz e ao Willian que la estiveram em combatendo.

Eternas homenagens aos nossos amigos que ainda estao sempre sobrevoando em nossos pensamento .... como feniz sempre renasceram em nossas lembranças....GAM!!!

Policias do GAT já se encontravam no combate ao marginais as 3:00hs da manha em grande confronto, onde uma equipe de 10 homens fizeram seus papeis de policiais de muita coragem e fibra fizeram recuar 70 homens armados para o interior da mata e comunidade do São João. Que pena que esses policiais nunca são lembrados pois são verdadeiros herois!!!

LOIRÃO disse...

Parabéns Coronel, ninguém merece este cargo mais que o Senhor!Que Deus esteja sempre o protegendo! Abraço

Kayan disse...

Coronel, o senhor não me conheçe mas eu sou filho de uma prima sua que o senhor ja não deve falar a algum tempo, sou filho de Fátima, irma de Marta e Rita! Eu também sou militar, sou soldado da Companhia de Policia da Aeronautica (Binfae-Rj), e até conheço o Sgt Sidrack (Caveira)! Gostaria muito de poder ter contato com o senhor!
O meu email é kayan_soares@yahoo.com.br
Muito obrigado Coronel, e muitas vitorias no comando da PMERJ!

Leandro disse...

PARABENIZO A TODOS OS POLICIAIS MILITARES QUE, ASSIM COMO EU E MINHA NOIVA, COMPARECERAM AOS POSTOS DE BATALHA E DERAM O SEU MELHOR NO FATÍDICO SÁBADO PASSADO. PRINCIPALMENTE AQUELES QUE SACRIFICARAM SEU SAGRADO DISCANSO PARA DEFENDER ESTA SOCIEDADE QUE NEM SE QUER MERECE ALGUM TIPO DE COMENTÁRIO.

PARABÉNS A TODOS OS POLICIAIS MILITARES CARIOCA POR ENCARAR DE FRENTE, TODAS AS ADIVERSIDADES QUE TODOS NÓS JÁ CONHECEMOS.

ME ORGULHO DE FAZER PARTE DESTA TROPA.

CB CUNHA

General Az disse...

Excelentíssimo comandante Mário Sérgio, venho através desta postagem registrar minha grande admiração por sua pessoa e por esta grande família que é a tropa.
Sou Baiano mas já estou três anos no Rio.. meu pai também é outro admirador.
Apesar de não fazer parte desta família, isso não iria me impedir de vir aqui e poder deixar meu registro.
Fique com Deus, o senhor e suas famílias.

"Chego aqui com um ramo de oliveira em uma mão e uma arma na outra", disse Arafat. Mais tarde repetiria três vezes, "Não deixem que estes ramos de oliveira caiam de minhas mãos".

Adelmo Santos disse...

Mário,

Tenho amigos que não sabem o
quanto são meus amigos.
Não percebem o amor que lhes
devoto e a absoluta
necessidade que tenho deles.
A amizade é um sentimento mais
nobre do que o amor,
eis que permite que o objeto dela
se divida em outros afetos,
enquanto o amor tem intrínseco o ciúme,
que não admite a rivalidade.
E eu poderia suportar,
embora não sem dor,
que tivessem morrido todos os
meus amores, mas enlouqueceria
se morressem todos os meus amigos!

Até mesmo aqueles que não percebem
o quanto são meus amigos e o quanto
minha vida depende de suas existências ….
A alguns deles não procuro, basta-me
saber que eles existem.
Esta mera condição me encoraja a seguir
em frente pela vida.

Mas, porque não os procuro com
assiduidade, não posso lhes dizer o
quanto gosto deles.
Eles não iriam acreditar.
Muitos deles estão lendo esta crônica
e não sabem que estão incluídos na
sagrada relação de meus amigos.

Mas é delicioso que eu saiba e sinta
que os adoro, embora não declare e
não os procure.
E às vezes, quando os procuro,
noto que eles não tem
noção de como me são necessários,
de como são indispensáveis
ao meu equilíbrio vital,
porque eles fazem parte
do mundo que eu, tremulamente,
construí e se tornaram alicerces do
meu encanto pela vida.

Se um deles morrer,
eu ficarei torto para um lado.
Se todos eles morrerem, eu desabo!
Por isso é que, sem que eles saibam,
eu rezo pela vida deles.
E me envergonho,
porque essa minha prece é,
em síntese, dirigida ao meu bem estar.
Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo.
Por vezes, mergulho em pensamentos
sobre alguns deles.

Quando viajo e fico diante de
lugares maravilhosos, cai-me alguma
lágrima por não estarem junto de mim,
compartilhando daquele prazer …
Se alguma coisa me consome
e me envelhece é que a
roda furiosa da vida não me permite
ter sempre ao meu lado, morando
comigo, andando comigo,
falando comigo, vivendo comigo,
todos os meus amigos, e,
principalmente os que só desconfiam
ou talvez nunca vão saber
que são meus amigos!

A gente não faz amigos, reconhece-os.

(Vinícius de Moraes)

Meu marido é PMRJ disse...

Ao ler seu texto eu percebi que também já fui melhor do que sou hoje, mas ao mesmo tempo tive a certeza que o senhor é o MAIOR REPRESENTANTE que a PMRJ já teve. O senhor é especial e encanta a todos e tenho certeza que o senhor é melhor a cada dia, mas por sua humildade será cada vez melhor.

Mudando de assunto:

PENSE NUMA COISA: Como foi que aquele integrante do Afroreagae chegou 50 minutos depois do assassinato ao local? Quem avisou a ele? Estranho não é? Se o Evandro só teve socorro depois de 50 minutos é sinal que a sua morte não foi divulgada nesse meio tempo. Como aquele rapaz decobriu o crime, pergunto de novo, quem o avisou??? Ele disse que o coração do Evandro batia e que o policial disse que ele estava morto. Não parece que quer jogar a culpa da morte na polícia?
O corpo estava atrás de uma pilastra e ao perseguir os assassinos do Evandro, em velocidade, o policial jamais iria conseguir olhar em volta e quantos bêbados e mendigos estão caídos na rua o tempo todo?
Não sejam desumanos com este policiais.
O tênis e o casaco estavam lá, mas ninguém havia dito que aquilo era fruto de um roubo e muito menos que pertencia ao homem caído atrás da pilastra...os PMS depois, no desespero, sumiram com as peças, mas volto a dizer eles foram induzidos a cometer este delito (de sumir com as peças roubadas do homem assassinado). Tenho certeza que estes homens não viram.
O policial tem sua missão no sangue e por mais que possam banalizar a morte, nunca deixariam de atirar naqueles homens se soubessem que eles haviam acabado de matar um cidadão, fosse ele ou não o líder do Afroregae.
Porém, mais uma vez volto a perguntar, quem avisou ao integrante do afroreagae que diz que depois de 50 minutos o Evandro estava com o coração batendo??? Como ele apareceu no local??? Como???

Anônimo disse...

Homenagem ao GAM PMERJ


http://www.youtube.com/watch?v=_riUNtzSvJk&feature=related

Sonia Andarilha disse...

Caro Cte., do alto dos meus 64 anos de idade e 46 de magistério, sempre na rede pública,creio que conheço um pouquinho mais do ser "humano" do que você. Somos ambos guerreiros, lutadores - o que muda é a arma: a minha, é a palavra. Somos também estrategistas - o que muda são os meios. Minha batalha diária sempre foi dentro de salas de aula lotadas, com a tônica da heterogeneidade. Claro que não fiz tudo o que queria, mas fiz tudo o que podia. Hoje,orgulho-me do trabalho realizado durante mais de metade da minha vida, principalmente quando encontro, entre meus ex-alunos de escolas públicas,médicos,engenheiros, advogados, e outros que não puderam cursar uma faculdade, mas nem por isso se enveredaram por caminhos errados. E o meu orgulho maior é que eles não se esqueceram de mim! Um deles seguiu a trilha do crime e ficou conhecido como "Tuninho Niterói" (pelo que sei, já morreu)e não há um único dia em que não me lembre dele em minhas preces... Mas você está aí, Cte., preparado para a luta dificílima de comandar uma instituição valorosa, digna, todavia denegrida por muitos que nela estão por motivos escusos. A eles, o nosso desprezo. Àqueles que honram a farda da PMERJ, nossos elogios, nosso respeito, nossa admiração! E estes são a maioria,com certeza. Bons e ruins, honestos e desonestos, corruptos e incorruptíveis existem em toda a parte, até mesmo nos templos religiosos. Lamento muito a morte de seus bravos policiais e afirmo-lhe que, se alguém tiver que morrer, que sejam os bandidos. Se há culpados pelo aumento da bandidagem, pela verdadeira guerrilha urbana que estamos vivendo no RJ, são aqueles que fazem as leis (brandíssimas) deste país, que defendem a im(p)unidade que grassa em nossa pátria, que condenam os criminosos à cadeia pura e simples, às vezes até com mordomias... E culpo também os defensores dos direitos humanos, que só se preocupam com os "direitos humanos" dos criminosos, que circulam por aí, livres, leves, soltos, enquanto nós, cidadãos de bem, vivemos praticamente enjaulados em nossas casas. Sei o quanto é difícil sua missão, mas você terá forças para superar todos os obstáculos. Que Deus o proteja e ilumine sempre! Um forte abraço e meu respeito pelos dignos e honrados policiais da PMERJ.

Eduardo Martins disse...

Ilustríssimo Comandante Geral,

Continuo a me impressionar com o poder da sua lavra.
Ela parece estar sempre assente com o que penso no instante em que leio, seja lá qual for o momento.
Observada a definição de experiência, que traduz ser esta “O conjunto de saberes”, de fato, nós, humanos, deveríamos vir equipados com algum dispositivo tipo “USB”, que permitisse que o conhecimento fosse transmitido através das gerações.
Evitaria que fizéssemos tanta tolice, que amargássemos tantos dissabores...
Entretanto, pensando bem, se houvesse tal dispositivo, a vida estaria mais insossa.
Pensando melhor, parte da benção que é a vida, consiste exatamente em errar. Em achar saber muito, para descobrir saber nada, e assim tornar-se menos ignorante. E em saber envelhecer com dignidade.
É importante frisar que falo de mim mesmo, não do senhor.
Espero que aqueles que tiverem a sorte da convivência diária consigo, saibam reconhecer e aproveitar sua lucidez.
Desculpe pela minha intervenção anterior no "01". Nem sei bem por que, mas desculpe.
Mas repito: Continue lançando fogo, um dia ele há de atear; continue sinalizando o caminho, um dia haveremos de entender.

Ao senhor, para variar, o meu respeito sincero e minha continência marcial.

felipe disse...

Nobre Comandante,
minha continencia ao Sr.Não esmoreça nessa jornada dura,de tornar nossa sofrida PMERJ numa corporação justa,digna e respeitada.Nao deixe que "forças ocultas" atrapalhem sua jornada.Saiba que os praças e oficiais da corporação estao com o sr.Nao nos desaponte.O sr é o melhor Comandante que a nossa PMERJ teve nos ultimos anos.
Muita sorte e força nessa batalha!!!

RONDA DO SERTÃO disse...

Olá companheiro Mario Sergio, sou o cabo Azevedo do Estado da Paraiba, estive visitando esse maravilhoso blog e ao mesmo instante add ao meu para ser seguidor. Para nos seria um grande prazer tê-lo como nosso seguidor tambem. Um forte abraço
Cabo Azevedo
www.rondadosertao.blogspot.com

Mario Sergio disse...

Descobri um chará. meus parabéns pelo blog. Abraço

DANIELLE disse...

SR: CMT GERAL
QUERO AQUI FAZER UM PEDIDO QUE TENHO CERTEZA QUE O SENHOR IRÁ RESOLVER. TODOS OS POLICIAIS QUE FIZERAM O CURSO DA POLICIA CIDADÃ MODULO II 2009 NÃO ESTÃO CONSEGUINDO RENOVAR O BENEFICIO DO PRONASCI HAJA VISTO QUE FOMOS IMFORMADO NA CEREMONIA DE ABERTURA DO CURSO NO CG ONDE ESTEVE PRESENTE O EXCELENTISSIMO SR:MINISTRO DA JUSTIÇA TARÇO GENRO E DEMAIS AUTORIDADE CIVIS E MILITARES QUE O MESMO VALERIA PARA RENOVAÇÃO DO BENEFICIO, CONTO COM A SUA INTERVENÇÃO POIS CERTAMENTE DEVE SER ALGUMA FALTA DE COMUNICAÇÃO QUE ESTÁ PREJUDICANDO A NOSSA VIDA.
DESDE JÁ AGRADEÇO. CASO ALGUEM LEIA ESTÁ MENSAGEM E POSSA AJUDAR POR FAVOR DIVULGUE.

Mônica. disse...

feliz aniversário, mesmo algum tempo após ! Sempre bom ler teu blog.

BANDA MILAGRE POP GOSPEL disse...

BOA NOITE CMT.QUE DEUS LHE CONCEDA UMA NOITE DE SONO ABENÇOADA.

Anônimo disse...

Eu estou acompanhando a vida do policial militar á 14 anos pudi perceber que esse é o primeiro comandante que luta e dá ênfase a sua tropa,pelo qual se sensibiliza com os ocorridos, e podemos vê a reação de uma grande comoção quando envolve vitima de seu comando,me emocionei no seu primeiro discurso, quando disse; esse são os homens que arduam e suam na pista pra proteger uma sociedade, então não tém que haver herarquia, somos todos iquais,só isso já me bastou , o reconehcimento de um superior que jamis tinhamos vísto em toda era policial,esse sim veio pra fazer a diferença,valoriza seu pessoal e dando um valor moral estimulando a alto estima.Coronel Mário Sérgio que Deus o proteja e que o senhor possa ficar bastante tempo nesse comando, pois é de pessoas assim iqual ao senhor que está faltando em nosso meio.Parabéns pelo seu desempenho e não dê ouvidos pras críticas elas só o faram crescer mais e mais.

Anônimo disse...

È comandante na minha mocidade que não tém muito tempo atráz, posso me lembrar do Coronel Cerqueira,esse sim de entre todos anteriores foi o melhor, e deixou um legado, embora no momento e atualmente,o senhor que o exaltou e o féz reviver na memoria de muitos que o tinha esquecido.Sei que é de uma enorme gratidão e reconhecimento á um grande homem que teve uma trajetória e um percurso realizado em toda história da Policia Militar.

Anônimo disse...

01, me desculpe. Esqueci de agredecer. Obrigado pela lembrança. A Caneta Vagalume é um sucesso aqui no trabalho, rs!
Saiu um post no JAB sobre sua matéria na revista "O PODER". Comprei a revista e gostei do que li. Vc está muito bem e bem também nas fotos. Quanto tempo teve que prender a respiração? Brincadeira, rs. Se não tomo uma cajadada e de brinde aquele adjetivo clássico ("Seu ANIMAL").
Um abraço!

Obs: bol reservado.

Anônimo disse...

Montesquieu, autor de "O Espírito das Leis" (1748), livro que resultou dos seus profundos estudos humanísticos e jurídicos, e que o consagrou como um dos líderes do Iluminismo (movimento também conhecido como a "Idade da Razão", ou "Século das Luzes") deixou-nos este pensamento:
"É uma verdade eterna: qualquer pessoa que tenha o poder tende a abusar dele".
A lembrança de Montesquieu vem a propósito da constatação de que foi retirada a etapa de alimentação dos Policiais Militares que estão lotados na DGP e na condição de adidos.
Tal ato da administração da PM está contaminado por um flagrante absurdo, eis que retira de um número considerável de Policiais Militares o direito a uma conquista social dos trabalhadores brasileiros, qual seja: o auxílio alimentação.
A Cúpula da PM com a supressão de tal benefício, retrocede aos tempos da marmita, que era requentada, geralmente em condições precárias, e que, com freqüência, azedava. Além de tudo, tal ato lembra a tirania de Estado, que Franz Kafka denunciou nos seus livros "O Processo" e "O Castelo".
Aqui, no Rio de Janeiro, a situação é surrealista, diga-se kafkiana: o Policial Militar não teve qualquer alteração quanto ao cumprimento dos seus deveres; obrigação ao trabalho; e continuação do cumprimento de horário. Porém, foi severamente atingido no seu direito à alimentação, sem receber qualquer compensação pela perda do benefício que lhe atenuava a falta de reajuste salarial nestes últimos treze longos anos, e que por ironia (ou não) do destino foi retirado justamento apartir do mês em que lhe seria pago o alardeado reajuste de 5% (cinco por cento), parece que compensaram o aumento com o corte da etapa de alimentação.
O ato administrativo não foi explicado pela cúpula da PM, (leia-se Cmt Geral) porém por certo escudar-se há em uma intenção de "controle da despesa", ou qualquer outra desculpa tida como razoável, propósito que se revela falso, diante de um Estado muitas vezes gastador, perdulário, espantosamente dissipador...
Só nos resta meditar, além de Montesquieu, em torno deste pensamento do nosso jurista, humanista e iluminista Benedito Calheiros Bomfim:
"A fome alheia não sensibiliza a quem vive na fartura"...

PEDRO disse...

Meu nome Pedro WAGNER da Silva Duarte RG 59056 atualmente lotado no 12 BPM...queria fazer apenas um comentario, nunca vi tanta dificuldae em realizar um sonho ja q tenho quase 14 anos de PMERJ...Queria servir no BPFMA..sera q para a policia militar administrativamente falando isso e tao dificil assim? Ou eu nao seria capaz de ser lotado nesta unidade!!! Continue assim Coronel, pois com a sua chegada nos homens da tropa, passamos a acreditar em um futuro melhor para nossos familiares!!! Fiq com Deus e q ele continue iluminando o senhor em suas sabias decisoes!!! Um abraço do CB Wagner do MPC do 12 Bpm {motociclista}

Anônimo disse...

Uma boa noite Comandante, um Feliz Natal ao senhor e sua familia. Lamentavelmente, estou aqui, numa noite de Natal lhe escrevendo, e com sinceridade muito triste, pois enquanto estou em casa, meu filho brinca na rua de minha comunidade, mas correndo serio risco vida, pois a cada epoca existe a ameaça de invasao por traficantes rivais. Moro na Cruzada Sao Sebastiao - Leblon, uma comunidade de 10 predios, prox. a 14a. delegacia, mas que vive assolada e aterrorizada pelo trafico de drogas. Sr. comandante, pra mim é muito dificil de entender o pq uma comunidade como esta ainda está em poder do trafico, nos moradores damos algumas explicaçoes para nos mesmos: comodidade a elite para comprar drogas (nao precisam subir morro), ou abandono mesmo. Poderia expor aqui varios motivos pelo qual tentamos entender o pq de nossa comunidade estar assim, mas esse nao é o meu objetivo aqui. Na realidade, venho esta noite, depois de ler o seu blog, e acreditando q o senhor possa nos ajudar, pedir que olhe com um pouco mais de carinho pela Cruzada, hoje vejo que parte de nossos problemas estao sendo causados pela "omissao" da policia, infelizmente homens fardados, que deveriam honrar suas fardas, e agirem como verdadeiros instrumento da lei, envergonham esta instituicao já tao desgastada. Esses homens nao se constrangem em momento nenhum em receberem dinheiro dos traficantes,infelizmente. Talvez eu nao esteja sabendo expor o que de fato acontece na Cruzada, por isso peço que o senhor envie pessoas de sua confiança e investiguem. Hoje, nos moradores estamos amedontrados, com certeza todos aqui tem medo de falar, somos intimidados por traficantes da Rocinha. Nossos jovens estao sendo aliciados, nossas crianças sao obrigadas a conviverem com o uso de drogas a cada canto da comunidade, nossos valores estao invertidos, o que ensinamos aos nossos filhos é totalmente contrario ao q eles vêem aqui na rua, vemos essa classe média (podre), cada vez mais patrocinando o trafico sem um pingo de puldor. COMANDANTE A CRUZADA PEDE SOCORRO!!!!!!!

Jairo disse...

Caro Mario Sergio, sou baiano e resido em Salvador. NUNCA estive no Rio de Janeiro, até a presente data. Mas sou um apaixonado pela polícia e, na condição de bacharel em Direito ( Não sou advogado. Em verdade, sou servidor público da Justiça Federal, seção judiciária da Bahia), estudando para ingresso no cargo de Delegado de Polícia Federal. Resumidamente quero dizer que procuro acompanhar o trabalho de qualquer policial que demonstre ter profundos conhecimento técnicos. Esse com certeza é o seu caso, razão, obviamente, pela qual lhe acompanho. Assim, mesmo sem conhecer o Rio de Janeiro, sem conhecer as peculiaridade da cidade e do Estado, confio plenamente no seu trabalho.
De outra banda, confesso, que nunca vi ninguém que ocupando um cargo de chefia, principalmente os magistrados, conjugassem o verbo equidade. Você é o primeiro que vejo que, ao chegar ao cargo de comando, conjuga esse verbo. Parabéns! Posso até estar enganado (mas acredito que não estou), sob o seu comando, vejo a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro como uma unidade única, em que seu comandante enxerga seu pares ao olhar para frente, não ao olhar para baixo. Continue firme no seu comando, pois está desenvolvendo um excelente trabalho.
Siga sempre norteado pelos seus princípios e pelo seus conhecimentos técnicos.
Use a política (afinal, nenhum homem vive sem exercê-la de alguma forma)somente na exata medida para sobreviver no ambiente profissional.
Cordiais saudações.
Jairo Rodrigo Neves de Lima

Anônimo disse...

Caro Comandante, é a primeira vez que leio atentamente esse blog. Confesso que tomei um susto ao ver que o senhor respondeu a cada um que postou. Espero que o senhor brigue por nós, tanto quanto está dando atenção a todos aqui.

Mas enfim, alguns Comandantes de OPM falam que devemos estudar, sendo que mesmo quem faz Universidade Semi-Presencial ou a Distância tem grande dificuldade de continuar, visto que muitas vezes não liberam nem para fazer a prova, e muito menos, colocar numa escala favorável ao horário da Universidade (sendo que essa modalidade tem no máximo 2x por semana de aula). Grande parte da tropa escolhe essa modalidade, visto que é a única forma de ter um nível superior para quem trabalha na rua, e mesmo assim, ao invés de facilitar, alguns parece que querem dificultar ou no mínimo não esquentar com isso. Isso em todas Univesidades a distância, como temos muitos fazendo pela UFRJ/UERJ/UFF e outras públicas ou até mesmo particulares.

Obrigado pela atenção e se o senhor puder responder e quem sabe fazer algo a respeito, com certeza muitos serão beneficiados, visto que mesmo fazendo vestibular, estudando e passando numa Universidade pública na modalidade a distância, tem muita dificuldade em cursar.

SD PM Universitário

Operações Especiais disse...

Parabéns pelo excelente trabalho, Comandante!!

Anônimo disse...

GOSTARIA DE PEDIR AO CEL.MARIO QUE REVEJA O USO DE CAPACETES POR POLICIAIS QUE TRABALHAM NAS GUARDAS DOS QUARTEIS, POIS É UM EQUIPAMENTO ARCAICO E TAMBÉM O CALOR QUE O RIO ENFRENTA FAZ COM QUE SE TORNE INSUPORTAVEL O USO DESSE EQUIPAMENTO.SEI QUE O SR. É PARA O CERTO E HUMANO1

Anônimo disse...

Com todo o respeito gostaria de elogiar este Comandante, mesmo que não resolva os problemas de sua tropa ele "bota a cara" e da uma satisfação a seus comandados, o que e muito diferente na instituição co-irmã deste estado, o CBMERJ, escrivi um email a Cel BM DE CARVALHO na epoca em que era comandante e até hoje aguardo a resposta. rsrssrs será que ela ainda vem?

Parabens Comandante Mario Sergio por linear os MILITARES dessa força como sereshumanos, dispondo de toda a sua atenção, é a arte de aproximar pessoas para um unico objetivo, isso e comandar!

Cb Bombeiro

Catarina disse...

Caro Comandante,
Foi com muita esperança que o vimos assumir o Comando de Nossa Policia Mlitar. Finalmente alguem poderia ouvir a nossa voz.
Bem,
Vamos aos problemas....
1-Os policiais lotados na cidade do Rio de janeiro recebem o RIOCARD.Quando são transferidos para outra área tem que devolver seu cartão...bem, moramos na região do lagos e aqui a muito há a bilhetagem eletronica e as linhas e locais onde esta ainda não existe poderia ser estudado uma forma de passe.POis não é justo que alguns policiais recebam um benefício e outros não Além do mais, 200 reais em média, fazem MUITA diferença em nosso orçamento.Espero que essa injustiça termine.
2-Aqui no 25º BPM Cabo Frio, local de férias e vários eventos, os policiais são obrigados a tirar o SERVIÇO EXTRA em seu primeiro dia de folga. então se o policial trabalha 24 horas ele "descança" em media 12horas e vai tirar o extra que nunca tem hora para acabar..
O Sr. veja só, quem trabalhou 24 horas na segunda feira dia 15 de fevereiro , Carnaval. Teve que tirar serviço extra na terça das 23:00 até as 06:30 de quarta...tendo que estar inteiro para tirar as 24 horas na quinta. Alem do absurdo de horas trabalhadas, os policias ainda ficam a pé, SEM NENHUMA VIATURA DE APOIO, SEM QUALQUER TIPO DE ALIMENTAÇÃO, tendo que se alimentar por seus proprios recursos.
Policiais de outros batalhões que vieram apoiar o efetivo da região, somente o fazem durante o dia, pois vieram munidos de publicação onde se lê ser proibido o PO durante a noite....então ...o apoio só apoia durante o dia e a noite os policias lotados nas CIAS do 25º fazem o extra..ou seja o apoio , o PO ...
Senhor Comandante penso ser esta prática torturante! os homens ficam exaustos...sei que o Sr. como Homem honrado saberá por fim a esses absurdos.
Esperamos sua ajuda

Anônimo disse...

Faz tempo que não tomamos um café lá no refúgio dos britos, duartes e pereiras. Espero que esteja bem. Espero tb que logo logo possa abraçar com carinho um dos grandes amores de sua vida. A frustração e o escapismo abalam nosso início de fase adulta mas esses sentimentos passam.

"As montanhas que escalamos, as mais íngremes, não são feitas de pedra mas sim de abstrações que nos retardam a chegada"

Se eu tivesse entendido esse recado carinhoso lá em 91 talvez não tivesse dado tanta cabeçada na vida. Que Deus o abençoe!

*se puder,tio, pede ao Matheus pra ligar pra mim.

Abs!

carlos c. granato disse...

Sr. comandate minha exclusão tem 5 anos e 4 meses fui na ouvidoria e juntei toda documentação com o Mj Rogério infelizmente voltou devido a esse limite peço que me de essa chançe só o Sr. pode me ajudar desde ja agradeço.

cbfgomes disse...

Eu sempre tive o dom de Deus de conhece alguém que tem valor. Eu creio que este é o caso em questão.

ce disse...

O Celular Espião é um telefone celular comum, especialmente modificado para poder ser monitorado à distância, permitindo assim escutar as conversas telefônicas e ambientais de quem o utiliza.
www.celularespiaobrasil.com

健康襪 disse...

除臭襪 腳臭 襪子 除腳臭>>>參考網站

Anônimo disse...

Quero aqui agradecer pelo seu empenho em todas as questões abordadas, pois em 25 anos de serviços prestado a corporação a comunidade foi beneficiada com um serviço de segurança pùblica de ótima qualidade.Hoje os novos operadores de segurança(pm),tem a oportunidade de serem melhores,no entando o compromisso com a Lei e a ordem é algo inegociável,contamos com sua orientação para cumpri-lá.

Denise disse...

Rio, 24 de junho de 2010

Boa tarde !!!
Sou uma simples cidadã que entrei no site da PM para conhecer o 23º Batalhão pois moro no Jardim Botânico e sempre tive medo de sair pois a cidade estava muito violenta. De um tempo pra cá percebi uma maior segurança. As praias estão bem muito muito bem policiadas a Lagoa a Vista Chinesa enfim os bairros que vocês cobrem estão seguros não tenho mais medo e fico feliz por dizer isso pois a maioria das pessoas só sabem criticar. Trabalho de segunda a sexta feira e no final de semana saio pra fazer minhas caminhadas sem medo. Então só tenho que agradecer ao senhor pelo ótimo trabalho que estás fazendo, não sou muito boa em digitar no compudador mas acho que o senhor entende e suas palavras são lindas.
Um grande abraço e continue sempre assim. Não o conheço mas pelo pouco que li percebi que o senhor é uma pessoa super bacana.
Um ótimo final de semana,

Denise Iório (denise_j_b@hotmail.com)

ESPOSA DE SOFREDOR disse...

esposa de sofredor
dezembro 22nd, 2010 at 12:53

Bom dia!
Espero que seja,pois em minha casa os dias não estão tão bons.
Sou esposa de Policial Militar, que apesar de muitos serem desonestos com a farda que vestem, tenho orgulho de dizer que meu marido é um POLICIAL MILITAR HONESTO.
A dois anos meu marido contraiu uma doença e teve que deixar de atuar nas ruas, coisa que mais gostava.
Com a enfermidade ficou um mes de cama, onde não apareceu ninguem do Batalhão para saber de seu estado ou oferecer ajuda, ao contrario quando conseguiu caminhar foi ate o batalhão onde queriam puni-lo pois sua licença médica estava vencida.
Tenho acompanhado seu sofrimento pois está restrito ao trabalnho que tanto ama, agora é obrigado a trabalnhar interno no batalhão onde é discriminado por seus superiores por ser restrito ao trabalho.
Ele ja tentou diversas vezes atendimento médico atraves da Policia, mas nada conseguiu, foi ao SUS e nada, só conseguiria atraves de convenio ou particular, convivo com um homem bom que não conseguiu nem mesmo a casa propria, acompanho seus lamentos, suas lagrimas, sua indignação pela policia que tanto amava.
Desculpem o desabafo, mas encontrei este Blog onde se fala coisa de policia ou ao menos deveria falar por isso desabafo pois com quem iria dizer essas palavras com a mãe do traficante do bairro? Traficantes esses que andam de carrões enquanto meu esposo mal consegue pagar o aluguel mensal da casa em que vivemos.
Sei que este tal de comandante não perde seu tempo lendo o que aqui escrevemos, mas quem sabe um de seus puxa sacos transmita minha indignação a ele e meus agradecimentos pois luta com todas as forças em prol de nossos policiais, como a cesta de natal que gastaram mais fazendo os cartões do que ajudando as familias policiais, cem reais, quem sabe de pra pagar o dia de segurança que meu marido faz, para que possa passar o natal com a familia.
Pois nessa policia do estado do rio de janeiro pode-se trabalhar cem anos a fil, mas quando esta com problemas de saude será esquecido e excluido de bonificações, o coitado estava esperando pelos 500 REAIS que seria pago dia 22/12, apesar de ter passado o fim de semana no batalhão por causa da guerra no morro do alemão, não teve direito ao bonus por ter uma enfermidade, ja não ganha 350,00 que são pagos todos os meses, por ser enfermo.
ENTÃO SENHORES PUXA SACOS DO COMANDANTE E DO GOVERNADOR CONSIGAM MÉDICOS AOS SEUS HEROIS ENFERMOS OU LHES DEEM A APOSENTADORIA DIGNA AO MENOS ASSIM NÃO SERÃO TÃO HUMILHADOS POR SUPERIORES CORRUPITOS.
"POLICIA MILITAR SERVIR E PROTEGER"
A QUEM INTERESSA.
NÃO SERVE A SEUS IRMÃOS DE FARDA.
NÃO PROTEGE A SEUS FILHOS DAS INJUSTIÇAS.
Comecei escrevendo com lagrimas de tristeza e termino com lagrimas de RANCOR.
QUE DEUS LHES DE EM TRIPLO O QUE NOS DÃO.