segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

UFF(A!)

Em setembro do ano passado, sete meses após minha assunção no ISP, concedi uma entrevista à revista Classe, uma publicação da Associação de Docentes da UFF.
Tentei transcrevê-la para cá, mas não consegui copiar do meio digital como está sendo exibida.
Tentei, também, publicar o arquivo que possuía comigo, mas verifiqui que estava incompleto.
Ela pode ser vista originalmente acessando-se http://issuu.com/aduff/docs/classe2.
Creio ser importante salientar que a revista não se exime de mostrar-se engajada politicamente, e ancorada numa linha marxista argumentadora das lutas de classes como veículo da história.
Isso não a impediu, todavia, de publicar todo meu discurso, meus pontos-de-vista, minha interpretação das realidades sobre o universo social-profissional onde transito, penso e revolvo, opiniões em sentido bem diferente daquele adotado pela editoria do órgão.
Sugiro a leitura do número completo. A melhor maneira de se fazer juizo de algo, de uma idéia ou conjunto de idéias, é conhecendo as que lhe são antagônicas e comparando-as.
Por fim, esclareço que embora usualmente eu não faça no blog referência a qualquer questão do ISP, na consideração de que lá possuo uma página exclusiva para isso, julguei cabível expor aqui a entrevista, dado seu caráter basicamente de opinião pessoal.

4 comentários:

Anônimo disse...

Qual é a página? Como ler no site?

Mário Sérgio de Brito Duarte disse...

Ela começa na página 30 e se encerra na 35.

Carla Cardoso disse...

Caro Cel,

ainda estou cultuando meu ócio improdutivo....Mas,

"para quem sabe ler um pingo é letra"

Bela entrevista, belas respostas.

As palavras são armas muito potentes e de longo alcance e o senhor sabe usá-las muito bem.


Um abraço fraterno,

Anônimo disse...

Srº Cel Mário Sérgio, agora como o nosso Comandante Geral, por favor veja para nós aqui dos Batalhões do interior do Estado (8º, 32º, 36º e 29º BPM) a nossa difícil situação com transferência de armas de fogo. O Minstério do Exército (SFPC), parece está brincando conosco, meu Processo mesmo é de 2007 e ainda aguardo a transefência do SIGMA do nome do ex-dono(PM da mesma Unidade) para o meu nome, portanto dois (02) anos. Por favor nos ajude, sabendo que agora sua MISSÃO será ardua nesta nova caminhada, más, com toda sua inteligência vai tirar de letra. Um grande abraço e boa sorte!!!